"A Pulsão de Morte, um dos importantes pilares da psicanálise freudiana, está completando 100 anos. Concebida a partir dos horrores da guerra,

esta proposição influenciou gerações de psicanalistas. Porém e Winnicott, cada um a seu tempo, não encontraram na Pulsão de Morte a sustentação para suas concepções sobre o desenvolvimento e, nem mesmo, a utilizaram para a compreensão dos distúrbios graves. Afinal, quais caminhos originais estes autores trilharam?"

Luiza Moura

/ / NOTÍCIAS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *